• Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Blogger Social Icon

© 2017 por Multicentro Saúde. 

Fuja das armadilhas da compulsão alimentar.

August 16, 2017

 

 

Você quer ter uma alimentação mais equilibrada ou até diminuir alguns quilinhos, aí começa bem na segunda-feira, mas sem perceber, no final da semana se pega comendo além da conta ou abusando do que não deveria?

 

Sim, é normal! Mudar os hábitos alimentares é uma tarefa de atenção constante!

Comemos de 3 a 10 vezes ao dia, pensamos em comida dezenas de vezes e estamos expostos à grande oferta de alimentos o tempo todo. Por isso, preste atenção para alguns alertas da nutricionista Patrícia Nakandakare:

 

Fome x disciplina

Ao longo da evolução da espécie, o homem foi selecionado para que em momentos de fome, alimentos mais densamente calóricos pareçam mais apetitosos. Faz sentido, pois em momentos de privação e escassez, quanto mais energético foi o alimento, mais rápido serão supridas as necessidades do indivíduo. Assim, quando estamos com fome, claro que temos vontade de comer a lasanha gratinada ao invés da salada de alface e rúcula.

> Estratégia: fazer lanches intermediários ajuda a segurar um pouco a fome e a manter a disciplina na hora de montar o prato.

 

Consciência

Você sabe por que está comendo?

Sabe aquele dia que você diz: “Ah, não sei se estou com vontade de comer um doce ou um salgado?”. Então você come uma coisa e aquilo não satisfaz, depois vai comer outro e outro alimento? Será que neste momento era fome ou era a sensação de preenchimento que a comida nos traz?

Precisamos estar atentos e trabalhar nossas emoções, às vezes o acompanhamento com profissionais capacitados facilita esta trajetória.  

A saúde é consequência da rotina alimentar, das nossas atitudes que são mais comuns. As exceções acontecem, também temos nossos dias de fraqueza e ter prazer ao comer é essencial.

> Estratégia: Exceções só podem ocorrer de vez em quando, e isto, não pode ser toda semana ou todo mês, porque daí seria rotina! Um evento que ocorra toda semana corresponde a 4 vezes no mês e 48 vezes no ano! “De vez enquanto” é aquela frequência que você nem lembra quando foi a última vez.

 

Armadilhas

Tente identificar os alimentos, momentos, lugares e situações que colaboram para as “escorregadas”.

Em certos restaurantes, com grande variedade de preparações é mais difícil resistir às tentações.

Estratégia: organize-se para ir menos vezes a estes restaurantes fartos, peça pratos já montados com menor quantidade de comida ou divida com um amigo.

Qual o horário que você tem mais vontade de comer tal alimento? Tem associação com algum evento da sua rotina? Por exemplo, à noite quando chega em casa cansado dá mais vontade de comer doces?

Estratégia: Compre menos doces para deixar em casa, será mais fácil o controle se o acesso for mais difícil! Vale reservar 1 ou 2 dias na semana, sabendo que naquele horário da vontade você poderá comer.

 

A culpa não é toda sua! Nosso cérebro e as vias de sinalização dele estão relacionadas a sistemas de recompensa, motivação, escolhas e memória, que em conjunto, respondem mais positivamente quando comemos alimentos ricos em gordura, sal ou açúcar, pois são mais calóricos e preservam a espécie. Hoje, a abundância alimentar nos faz lutar contra a bagagem evolutiva, usando nosso esforço e inteligência para superar os obstáculos e manter a saúde em tempos modernos.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

É possível controlar a ansiedade ao comer?

April 29, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 25, 2019

February 13, 2019

January 29, 2019

January 28, 2019

January 23, 2019

Please reload

Arquivo