• Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Blogger Social Icon

© 2017 por Multicentro Saúde. 

Quando internar um paciente suicida?

September 21, 2017

 

 

A pergunta é bastante complicada, pois envolve decidir ou não sobre a restrição de espaço de uma pessoa e a perda de liberdade temporária. A decisão cabe ao médico psiquiatra e sua equipe. Decidir sobre internação sempre é um assunto delicado e controverso. Mas há um bom motivo para esta discussão, a defesa da vida, pois esta pessoa na sua frente está pensando em se matar ou querendo claramente se matar. Se há um pensamento de suicídio, mas não há um plano efetivo ou uma carta de despedida, não há tanto perigo. Se há planejamento suicida evidente, por exemplo, aviso a um amigo bem próximo de que vai se matar, melhor internar por um tempo e fazer um tratamento intensivo e multidisciplinar durante a internação, até cessar o risco de suicídio eminente.

 

Alguns critérios estão bem estabelecidos para internação de um paciente com potencial suicida: 

-alto risco suicida e pouca vigilância, 

-falência do tratamento de risco suicida ou falta de aderência ao tratamento,

-comportamentos repetitivos e cada vez mais intensos de automutilação (por exemplo, cortes profundos nos braços e/ou pernas com o intuito claro de se matar)

-risco forte de heteroagressão (agrediu a mãe, depois a avó e só fala em se matar),

-depressão grave e isolamento social importante, com risco suicida,

-depressão que cursa com sintomas alucinatórios e perda de contato com a realidade,

-baixo suporte familiar e social para cuidar desta pessoa suicida, 

-paciente sozinho no mundo e com autocuidado bem precário, com bom risco suicida

-várias tentativas anteriores de suicídio, 

-dependente químico com história de overdoses e tendência de suicídio de longa data,

-forte intenção suicida no momento da avaliação e escolha de métodos bem letais para morrer (por exemplo, comprou uma arma de fogo para se matar).

 

Outras vezes paira a dúvida: o cara é meu amigo e está deprimido, desesperançoso e está sozinho no mundo, mas será que se mataria?

Em caso de dúvida e falta de suporte da família, melhor levá-lo para uma avaliação médica em Pronto-Socorro e internar caso seja indicado pelo médico. Não duvide de um familiar ou amigo(a) com ideias de suicídio, ajude o(a) mesmo a se abrir, a falar com você sobre isso e depois o encoraje a buscar ajuda profissional.

Nós do Multicentro Saúde estamos de portas abertas a recebê-los com todo carinho e dedicação merecidos.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

É possível controlar a ansiedade ao comer?

April 29, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 25, 2019

February 13, 2019

January 29, 2019

January 28, 2019

January 23, 2019

Please reload

Arquivo