• Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Blogger Social Icon

© 2017 por Multicentro Saúde. 

Tipos de Ansiedade

 

 

Confira os tipos de ansiedade no post abaixo: 

 

1-Fobia Social: é o medo de falar em público ou se expor em outras situações ou lugares cheio de pessoas.

2-Fobias Específicas: medo específico de alguma coisa, de um objeto ou animal, por exemplo, medo de elevador, de altura, de agulhas, de aranha etc.

3-Transtorno de pânico: crises rápidas e curtas de batedeira, mal estar, palpitação, mal súbito, incômodo na garganta, fala de ar.

4-Transtorno de Ansiedade Generalizada: pessoa ansiosa no dia-a-dia, bastante agitada e inquieta, não consegue se concentrar direito, vive angustiada e sofre bastante por antecipação.

5-Agorafobia: medo de ficar em lugar fechado e de difícil rota de fuga.

6-Transtorno de Estresse pós-Traumático: pessoa que sofreu um abuso sexual, um assaltou ou sequestro ou foi para guerra ou viveu um trauma pesado na infância ou juventude e não consegue superá-lo, tem revivências da cena que gerou trauma e inclusive pesadelos recorrentes.

7-Reação aguda ao Estresse: pessoa que está submetida a um forte estresse em casa ou no trabalho e em geral não consegue se livrar dele.

8-Transtorno misto de ansiedade e depressão: pessoas que receberam o diagnóstico de depressão costumam ter quadros de ansiedade concomitantemente. Trata-se de quadro bastante comum, especialmente em adultos que vivem sob o Estresse de viver em grandes centros urbanos.

9-Ansiedade de separação: medo incontrolável da criança de ficar longe dos pais e quando fica distante, mesmo com outros familiares, não consegue se adaptar na escola ou em outros ambientes, por estar longe dos pais.

10-Transtorno ansioso não especificado: sintomas de ansiedade que não fecham para nenhum critério específico acima descrito.

Exemplos de sintomas de ansiedade são: taquicardia ou batedeira, angústia, aperto no peito ou no pescoço, roer as unhas dos pés ou das mãos, mexer bastante os pés e as mãos, agitação, medo de sair de casa sozinho, medo de falar em público ou fazer trabalhos em grupo, crises de pânico e de desespero, falta de ar (não orgânica), falar demais e impulsivamente, pensamentos perseverantes e preocupações exageradas, principalmente com o futuro.

Escrito por Marcelo Marui Biondo. Psiquiatra do Multicentro Saúde.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

É possível controlar a ansiedade ao comer?

April 29, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 25, 2019

February 13, 2019

January 29, 2019

January 28, 2019

January 23, 2019

Please reload

Arquivo